Segurança e Justiça

SEGURANÇA PÚBLICA

Comandante do 3º BPM analisa positivamente trabalho no mês de julho

05/08/2022 09h26 - Atualizado em 09/08/2022 17h01

Gabriel Dias e Fred Alves

Com sede em Pedro Afonso e atuação em outros nove municípios da região – Bom Jesus do Tocantins, Centenário, Itacajá, Itapiratins, Recursolândia, Rio Sono, Santa Maria do Tocantins, Tupirama e Tupiratins –, o 3º Batalhão da Polícia Militar fechou o mês de julho com seis prisões em fragrante por crimes como homicídio, furto/roubo e direção perigosa; a apreensão de uma arma de fogo e mais de 30 armas brancas (facas e canivetes), que foram inutilizadas; o cumprimento de três mandados de prisão; a lavratura de um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) e o atendimento a ocorrências diversas de menor porte.

Em entrevista exclusiva ao Portal CNN, o tenente-coronel Dernivaldo da Costa Tirello, que comanda a unidade, ressaltou que a atuação no policiamento foi positiva, o que segundo ele, resulta em mais segurança para os moradores das cidades sob responsabilidade do batalhão.

Segundo o tenente-coronel, a Polícia Militar trabalha diuturnamente para proporcionar a toda população uma sensação de segurança pública que permita a realização de tarefas do cotidiano, como por exemplo, atividade de comércio, transportes, educação, lazer e descanso. O comandante afirmou que por conta do fluxo de pessoas no mês de julho e para manter a segurança dos cidadãos em primeiro lugar, o número de polícias militares foi ampliado nesse período.

“Assim como nos outros meses, a Polícia Militar planeja todas as suas ações e no mês de julho não foi diferente. É o mês de férias e com grande circulação de pessoas, concentração de atividade e lazer com as praias, shows e acampamentos, o que acarreta um maior emprego de policiais militares. Foram empregados mais de 250 policiais militares para fazer o policiamento de diversos eventos. Tivemos o policiamento na praia da Raposa, em Tupiratins; temporada de verão em Itacajá; temporada de verão em Pedro Afonso; festividades alusivas ao aniversário de Recursolândia; e o Festival Cultural de Bom Jesus. Além disso, tivemos o nosso policiamento ordinário, que resultou em mais de 40 registros de ocorrências com três homicídios, 14 acidentes de trânsito, quatro lesões corporais, nove furtos, um porte ilegal de arma de fogo, por exemplo”, ressaltou.

Policiamento preventivo
Para o tenente-coronel Tirello, o planejamento estratégico ajudou na prevenção de crimes graves. “A última temporada de verão foi em 2019, foram dois anos com restrições. A população estava ansiosa para retornar às atividades costumeiras e dessa forma foi realizado um policiamento voltado para a prevenção. Todas as prefeituras fizeram um bom planejamento de seus respectivos eventos, incluindo uma boa equipe de segurança particular, inclusive de bombeiros civis, e houve também uma grande integração das forças de segurança pública: Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Penal e Corpo de Bombeiros Militar”, explicou.

Tirello avaliou o trabalho de policiamento nas praias e shows de forma positiva e salientou que o número de ocorrências ficou dentro da normalidade. “O policiamento dos eventos ocorreu dentro do esperado. A maior preocupação nesse tipo de ação são as agressões mútuas e generalizadas, pois podem envolver pessoas armadas. Dessa forma, toda a atenção estava concentrada na prevenção e atuação rápida. Houve poucos registros de ocorrências nos shows e nas praias sob nossa responsabilidade”, pontou.

Estágio para alunos-praças



Sobre a utilização dos alunos-praças durante o policiamento nas praias, o tenente-coronel falou sobre como a ação influencia na formação deles. “Os alunos do CFP [Curso de Formação de Praças] seguem um planejamento dentro das diretrizes básicas da educação e formação militar. Neste sentido, participaram do estágio de policiamento extensivo na modalidade a pé nas atividades de prevenção das praias. Momento muito produtivo e importante, pois possibilitou o primeiro contato deles com a população”, comentou.

Recado
Na entrevista exclusiva ao Portal CNN, o comandante ainda deixou um recado para a população dos dez municípios que estão sob a responsabilidade do 3º BPM. “O fechamento das atividades do mês de julho é de grande satisfação, por ser um dos meses que a sociedade mais requer presença da Polícia Militar. Gostaria de agradecer a Deus sempre, agradecer ao apoio que todas as prefeituras dispuseram para que a Polícia Militar pudesse cumprir a missão, agradecer o apoio do comando-geral em disponibilizar recursos financeiros e reforço no efetivo para cumprir as demandas impostas nos eventos, a toda a população ordeira que ajuda e respeita o trabalho da nossa gloriosa Polícia Militar e, sobretudo, ao efetivo do 3° BPM pelo empenho e profissionalismo”, afirmou o tenente-coronel Tirello.

Vejam fotos do policiamento em julho:

 


















































 

VEJA TAMBÉM: