Segurança e Justiça

CAUSOU PÂNICO

Autor de disparos no posto de saúde de Santa Maria do TO, que deixou enfermeira ferida, é preso por tentativa de homicídio

24/11/2021 23h59 - Atualizado em 26/11/2021 09h14

Um homem de 63 anos que efetuou vários disparos de arma fogo em Santa Maria do Tocantins, na tarde da quarta-feira, 24 de novembro, foi autuado em flagrante por dupla tentativa de homicídio qualificado, disparo de arma de fogo, ameaça e desacato.

Ele foi preso por uma equipe do destacamento do 3º BPM de Itacajá, que seguia para atender a ocorrência e avistou uma caminhonete suspeita no sentido contrário, cerca de 45 minutos após efetuar os disparos. O condutor estava transtornado e aparentemente sob efeito de bebida alcoólica. Com ele foram localizadas uma espingarda modelo Pump, calibre 12, 80 munições calibre 12 intactas e cinco deflagradas; um revólver calibre 38 municiado com cinco munições intactas e uma deflagrada, e mais 14 deflagradas e sete intactas da mesma arma; um dispositivo que dispara flechas conhecido como “besta”, três flechas com pontas de ferro afiadas, e ainda um litro de cachaça e remédios de uso controlado.

Mais cedo o homem adentrou o posto de saúde de Santa Maria do Tocantins e efetuou dezenas de disparos de arma de fogo, utilizando a espingarda calibre 12 e o revólver calibre 38, que portava ao ser preso.

Uma enfermeira de 51 anos foi atingida gravemente na mão esquerda, passou por uma cirurgia ortopédica no Hospital Regional de Pedro Afonso (HRPA) e, posteriormente, foi transferida para a cidade de Araguaína, pois precisava receber parecer médico de um cirurgião vascular por ter sofrido uma lesão arterial.

Comércios também foram atingidos e a situação causou pânico e funcionários da unidade e moradores da cidade.

Apresentado pela Polícia Militar na Delegacia de Polícia Civil de Pedro Afonso, juntamente com seu veiculo, as armas e as munições, o indivíduo foi autuado em flagrante pelo delegado plantonista Bernardo José Rocha Pinto.

Após os procedimentos legais, o atirador, que não tinha passagens pela polícia, foi encaminhado para o presídio de Guaraí.

A Perícia Técnica foi acionada e esteve em Santa Maria do Tocantins realizando o seu trabalho.

Elogio
O comandante do 3º BPM, major Aderlan Pereira Santana, elogiou os militares envolvidos na ocorrência pela agilidade e profissionalismo. “Ao prenderem rapidamente o autor dos disparos, nossa equipe pode ter evitado uma nova ação com desdobramentos ainda mais graves”, detalhou.
 


 

VEJA TAMBÉM: